quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Delegação da UFPA Promove Seminário Preparatório para a VII Edição do Simpósio Internacional sobre a Juventude Brasileira - JUBRA

Entre os dias 10 a 15 de agosto de 2017, Fortaleza sediará o VII Simpósio Internacional sobre a Juventude Brasileira – JUBRA  http://jubra2017.com.br , evento científico que congrega pesquisadores, professores brasileiros e estrangeiros, profissionais, estudantes, jovens, gestores públicos e agentes comunitários para a discussão de pesquisas, programas e projetos sociais referentes à juventude. A programação alia atividades científicas, artísticas e de formação, tais como Grupos de Trabalho para comunicações orais e mesas-redondas, Simpósio acadêmico, além de mostra audiovisual, exposição fotográfica e apresentações culturais, debatendo os mais diferentes aspectos das situação da juventude no país e, principalmente, a garantia de seus direitos e bem-estar.
Como empreendimento construído coletivamente pela sociedade e a academia, o VII JUBRA dá continuidade aos esforços das edições anteriores ocorridas no Rio de Janeiro (2004), no Rio Grande do Sul (2006), Goiás (2008), Minas Gerais (2010), Pernambuco (2012) e novamente no Rio de Janeiro (2015). O tema este ano é Juventudes: movimentos, experiências, redes e afetos. Segundo os organizadores, a noção de “movimentos” remete tanto aos deslocamentos físicos empreendidos por jovens nos diferentes espaços da cidade e do campo, quanto aos deslocamentos simbólicos vividos por eles, que dinamicamente se engajam em projetos pessoais e coletivos, buscando seu lugar no mundo, transformando-se e transformando outros, questionando o marasmo que reduz suas possibilidades de existência. Ainda segundo os organizadores, o encontro quer abraçar as diversas perspectivas do jovem sobre sua vida e também o que se diz sobre o jovem entre pesquisadores, gestores e outros que atuam com segmentos juvenis, trocando experiências múltiplas e juntando forças para construir horizontes mais largos e felizes em nosso país. Historicamente, o JUBRA vem contribuindo na pesquisa, no melhoramento das políticas públicas e nos mais diversos espaços de cuidado e proteção à juventude no Brasil e compartilhado experiências com diversos outros países.
A Participação da UFPA no JUBRA Este ano, um número recorde de trabalhos científicos oriundos da UFPA será apresentado no JUBRA. Foram 38 trabalhos aprovados, de diversos institutos, e a Universidade enviará, pela primeira vez, uma delegação que inclui estudantes quilombolas, indígenas e africanos, em um ônibus próprio para participar do evento. Devido a importância do JUBRA, desde o início deste ano, diversos segmentos da Universidade como a Casa Brasil-África (CBA), o Grupo de Estudos Afro-Amazônico (GEAM), o Grupo Conexões de Saberes, o Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Trabalho e Educação (GEPTE), o Grupo de Pesquisa Aldeia, Cidade e Patrimônio/Campus de Altamira, o Grupo Nós Mulheres, o Programa de Pós-Graduação em Currículo e Gestão da Escola Básica (PPEB), o PIBID/Pedagogia, o Laboratório de Antropologia Arthur Napoleão Figueiredo/IFCH, a Associação de Estudantes Quilombolas, a Associação de Estudantes Indígenas, a Associação dos Estudantes Estrangeiros, e o DCE vem trabalhando para estimular a participação dos diversos segmentos da UFPA no evento e organizar a preparação e submissão dos trabalhos e, com o apoio da Proex e da Prointer, a logística da viagem a Fortaleza.
Como última etapa da preparação da equipe, nesta terça-feira, dia 8 de agosto, das 8:30 às 17h, na Sala de Audiovisual do Laboratório de Antropologia Arthur Napoleão Figueiredo (anexo ao IFCH) será realizada a Jornada Pré-Jubra, no qual todos os trabalhos aprovados serão apresentados e discutidos com professores e pesquisadores da Universidade, visando a garantir uma participação de alto nível para nossa delegação em Fortaleza. Além da apresentação dos trabalhos liderados pelos estudantes, a UFPA também participa do VII JUBRA no Simpósio 2 - Eixo “Jovens Negros: Diásporas, Práticas Institucionais e Regimes de Visibilidade", que contará com a participação da Pós-doutoranda da UFPA Jacqueline Cunha da Serra Freire, coordenadora do Grupo de Pesquisa Educação e Cooperação Sul-Sul – ELOSS/UNILAB - que dirigiu a organização dos coletivos da UFPA, no Simpósio 6 - Eixo “Juventudes e Movimentos Sociais”, que contará com a participação do Prof. Ronaldo Marcos Lima de Araújo, do PPEB/ICED, no GT Juventudes Indígenas: Construções Identitárias e Mobilizações Sociais, que tem entre seus coordenadores o Prof. Assis de Oliveira, do campus de Altamira, e no GT Juventudes sem Fronteiras: Diásporas, Migrações e Mobilidades Juvenis, que tem entre seus coordenadores o Prof. Hilton P. Silva, da Casa Brasil-África. Serviço: Evento: Jornada Pré-Jubra da UFPA Data e hora: Dia 8 de agosto, Terça-feira, das 8:30 às 17h, Local:Sala de Audiovisual do Laboratório de Antropologia Arthur Napoleão Figueiredo (anexo ao IFCH). *O evento é gratuito e aberto a todos os interessados.
Fonte: http://ifch.ufpa.br/index.php/noticias/3133-jornada

Nenhum comentário:

Postar um comentário