quinta-feira, 16 de março de 2017

A Casa Brasil-África da Pró-reitoria de Relações Internacionais, a Cátedra Brasil-África de Cooperação Internacional e o Grupo de Estudos Afro-Amazônico convidam:

Roda de Conversa em Comemoração ao Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial

Data e hora: 21 de março, Terça-feira. Início as 15:00 h
Local: Sala de Estudos do Laboratório de Antropologia Arthur Napoleão Figueiredo, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, UFPA

O Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial foi criado pela Organização das Nações Unidas (ONU) e é celebrado sempre no dia 21 de março, em referência ao Massacre de Sharpeville, na África do Sul. Neste dia, em 1960, mais de 20.000 pessoas faziam um protesto contra a Lei do Passe, que restringia os locais por onde os negros (maioria da população) podiam circular nas cidades. A polícia interveio a mando do governo do Apartheid, atacou os manifestantes, e 69 pessoas foram mortas e outras 186 ficaram feridas. Em memória ao massacre, em 1963, a ONU conssagrou a data à luta contra o racismo e todas as formas de discriminação.

O Artigo I da Declaração das Nações Unidas sobre a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação Racial afirma que:

"Discriminação Racial significa qualquer distinção, exclusão, restrição ou preferência baseada na raça, cor, ascendência, origem étnica ou nacional com a finalidade ou o efeito de impedir ou dificultar o reconhecimento e exercício, em bases de igualdade, aos direitos humanos, e liberdades fundamentais nos campos político, econômico, social, cultural ou qualquer outra área da vida pública".

Embora não existam “raças” humanas diferentes, a discriminação racial existe, é praticada no cotidiano e sentida na pele por muitos brasileiros e estrangeiros que aqui moram. É necessário (re)conhecer suas nuances, as vezes sutis, as vezes abertas, para que se possa combatê-la onde e como ela se manifeste. Na Universidade, assim como em outros espaços da sociedade a discriminação também se faz presente, e dificulta enormemente o cotidiano e a vida de todas as pessoas que dela são vítimas.

Para lembrar a data e confrontar o racismo, a xenofobia e todas as formas de discriminação, a Casa Brasil-África (CBA), a Cátedra Brasil-África de Cooperação Internacional e o Grupo de Estudos Afro-Amazônico (GEAM), o Programa de Pós-graduação em Currículo e Gestão da Educação Básica (PPEB/UFPA) convidam a todos e todas para uma roda de conversa sobre o tema “Racismo, Discriminação e Xenofobia”, com a coordenação dos discentes Valdinei Gomes (Associação dos Estudantes Quilombolas da UFPA), Evelyn Xipaya e Jomara Tembé (Associação dos Estudantes Indígenas da UFPA), Lodinikki Davis (Associação dos Estudantes Internacionais-PEC-G da UFPA), e moderada pelas Professoras Joana Carmen Nascimento, doutoranda do ICED e Jacqueline Serra Freire, da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB). @s estudantes falarão sobre suas experiências na UFPA e no Pará e tod@s @s presentes poderão perguntar e contribuir com seus pontos de vista e experiências visando enriquecer o debate.

Não há necesidade de inscrição para participar do evento.

Para outros esclarecimentos visite o site e o blog da Casa Brasil-África

segunda-feira, 6 de março de 2017

Convite de reunião para diálogo sobre o JUBRA 2017