quarta-feira, 29 de abril de 2015

Ministra visita UFPA e lidera caravana pela superação do racismo

Ministra visita UFPA e lidera caravana pela superação do racismo


A Universidade Federal do Pará (UFPA) recebeu nesta terça-feira, 28 de abril, a Caravana pela Promoção da Igualdade Racial e Superação do Racismo, que teve à frente a ministra de Estado, chefe da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República (SEPPIR), professora doutora Nilma Lino Gomes, acompanhada do assessor especial Roberto Borges, e do assessor de Assuntos Federativos, Marcos William. A equipe foi recebida pelo reitor Carlos Maneschy, em reunião no Gabinete da Reitoria.
A visita da ministra a Belém tem como objetivo aproximar os Ministérios dos entes federados, discutir e construir a adesão dos Estados e municípios ao Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial (Sinapir), que está em implantação pelo Ministério. “A minha vinda aqui, na Universidade, faz parte das atividades dessa caravana, em parceria com o Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Formação de Professores e Relações Étnico-Raciais (GERA) da UFPA, instituição esta que se destaca pelo trabalho que vem realizando na promoção de relações raciais, na implementação de Lei de cotas e na presença de quilombolas no ingresso ao ensino superior”, explicou a ministra.
Estratégias para a Superação do Racismo - A caravana tem como tema “Pátria Educadora pela Promoção da Igualdade Racial: Estratégias para a Superação do Racismo” e vai percorrer todo o Brasil, sendo o Pará o primeiro Estado a ser visitado. Em Belém, além de visitar o reitor e conhecer a comunidade acadêmica mais de perto, a ministra participou de reuniões com o governador Simão Jatene e com o prefeito Zenaldo Coutinho, que já sinalizaram a adesão do Estado e municípios paraenses ao Sinapir. O Sistema constitui uma forma de organização e de articulação voltada à implementação do conjunto de políticas e serviços destinados a superar as desigualdades raciais existentes no País (para saber mais clique aqui).
Segundo a ministra, trata-se de uma tarefa desafiadora que busca descentralizar ações por meio da integração e sinergia entre a União, os Estados membros e municípios na implementação das políticas públicas deste setor. “A estrutura é complexa e muito interessante. No caso do Pará, seria uma forma de apoiar grupos como quilombolas, de matrizes africanas, que lutam pela terra, os quais sabemos que precisam da atenção do nosso governo. Para isso, vamos correr o Brasil todo, por meio da Caravana, divulgar o trabalho do Ministério e orientar como se dá a adesão ao Sinapir”, afirmou Nilma Gomes.
Abertura acadêmica - O reitor da UFPA demonstrou total abertura a possíveis parcerias e ao estreitamento de laços com o Ministério e apresentou à ministra algumas das ações desenvolvidas pela Universidade no que consiste na promoção da igualdade racial. “Temos parcerias com diversas universidades de países africanos lusófonos, que incluem mobilidade de alunos e professores da graduação e pós-graduação, mais de 80 alunos africanos ingressantes na Universidade por meio do Programa Escola Convênio de Graduação (PEC-G), aderimos à Lei de cotas desde o primeiro momento, com reserva de 50% de nossas vagas para os candidatos autodeclarados negros ou pardos e, mais recentemente, temos o processo seletivo diferenciado para facilitar o acesso de comunidades quilombolas da Amazônia ao nosso ensino superior”, sintetizou.
Carlos Maneschy observou que, apesar dessas ações, a ocupação das vagas da UFPA por alunos quilombolas ainda é pequena, mas se trata de um processo que precisa contar, inclusive, com o apoio do Ministério e um próximo passo a ser dado seria realizar o acompanhamento dos alunos autodeclarados negros ou pardos e dos alunos quilombolas egressos da Universidade no mercado de trabalho. A ministra afirmou que já há essa intenção por parte da SEPPIR, por meio de uma parceria estabelecida e em fase de implementação com a Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior – Andifes. “O que queremos é justamente criar o diálogo com as Universidades”, disse a visitante.
Reflexão sobre as relações étnico-raciais - Após a reunião no Gabinete do reitor, Nilma Gomes ministrou a conferência “Pátria Educadora pela Promoção da Igualdade Racial: Estratégias para a Superação do Racismo”, no auditório do Instituto de Educação Matemática e Científica da UFPA (IEMCI). A atividade foi proposta pelo Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Formação de Professores e Relações Étnico-Raciais (GERA/UFPA), coordenado pela professora Wilma de Nazaré Baía Coelho, o qual integra e colabora na consolidação de discussões e análises mais amplas no processo de reflexão sobre as relações étnico-raciais e sua inserção e importância no universo da escolarização e da formação humana na Amazônia.
>> Leia também:
Texto: Jéssica Souza – Assessoria de Comunicação Institucional da UFPA
Fotos: Adolfo Lemos

segunda-feira, 27 de abril de 2015

Ministra participa na UFPA de debates sobre igualdade racial

Por meio da Caravana pela Promoção da Igualdade Racial e Superação do Racismo, a Universidade Federal do Pará (UFPA) receberá a ministra de Estado Chefe da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República, a professora doutora Nilma Lino Gomes. A ministra estará presente, em Belém, numa programação promovida nos dias 27 e 28 de abril. A iniciativa prevê uma série de debates e encontros com autoridades locais, representantes de universidades e da sociedade civil, visando ampliar o debate e estabelecer parcerias para a promoção da igualdade racial no País.
A ministra Nilma Gomes realizará uma palestra intitulada “A Efetivação dos Direitos da Igualdade Racial” durante a VI Conferência Internacional de Direitos Humanos, realizada pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, no Hangar Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, nesta segunda-feira, dia 27, a partir das 14h.

Conferência na UFPA - Já na terça-feira, 28, ocorre a Conferência “Pátria Educadora pela Promoção da Igualdade Racial: Estratégias para a Superação do Racismo”, a ser proferida pela ministra e terá a participação do reitor da UFPA, Carlos Maneschy. O evento será realizado às 17h30, no auditório da Secretária Geral dos Conselhos Superiores Deliberativos da UFPA (SEGE), localizado no 3º andar do prédio da Reitoria, Campus Básico da Instituição.
Aos interessados que desejam participar da conferência, é necessário realizar inscrição antecipada, até esta sexta-feira, 24, com vistas a atender a capacidade de lotação do auditório, bem como organizar a emissão de certificados para os participantes. As inscrições são gratuitas e podem ser solicitadas pelo e-mail nucleogera@ufpa.br.

Núcleo GERA - Esta conferência é uma proposta do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Formação de Professores e Relações Étnico-Raciais (GERA/UFPA), coordenado pela professora Wilma de Nazaré Baía Coelho, e constitui um núcleo de pesquisas que integra e colabora na consolidação de discussões e análises mais amplas no processo de reflexão sobre as relações étnico-raciais e sua inserção e importância no universo da escolarização e da formação humana, visando debater questões acerca da discriminação e do preconceito racial e suas implicações no processo educacional, sobretudo quando relacionadas à formação de professores.

Igualdade Racial e Superação do Racismo - Durante todo o ano de 2015, a Caravana será realizada em Estados e municípios de todas as regiões do País e tem como objetivos estabelecer diálogo da Nova Gestão da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR) com os diferentes Estados da Federação, visando ao desenvolvimento de parcerias com Secretarias Estaduais e Municipais; estimular Estados e Municípios à adesão ao Sistema Nacional de Promoção de Igualdade Racial e, ainda, estabelecer diálogo com movimentos sociais, universidades e poder legislativo local.


Serviço:
Conferência Pátria Educadora pela Promoção da Igualdade Racial: Estratégias para a Superação do Racismo
O evento terá a participação da ministra Nilma Lino Gomes
Data e horário: 28 de abril, às 17h30.
Local: Auditório da SEGE, 3º andar do Prédio da Reitoria 
As inscrições são gratuitas e podem ser solicitadas até hoje, dia 24 de abril, pelo e-mail nucleogera@ufpa.br 

Texto: Rafael Rocha – Assessoria de Comunicação da UFPA